Doutores Honoris Causa

Prof. Doutor Antonio Teixeira Marques faculdade de Desporto Universidade do Porto

ANTÓNIO TEIXEIRA MARQUES

Professor Catedrático da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto. Foi Presidente do Conselho Diretivo (1988-1996) e do Conselho Científico (2001-2006) daquela Faculdade. Nessa qualidade, o Professor António Marques desenvolveu um profundo trabalho de colaboração com a nossa Faculdade, colaboração que foi determinante na criação e desenvolvimento da nossa instituição. Foi através da sua visão e empenhamento que dezenas de docentes da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADE-UP)  vieram lecionar em Maputo, sobretudo na fase inicial da nossa Faculdade onde os recursos humanos eram escassos. Por outro lado, vários docentes da nossa Faculdade foram realizar a pós graduação na FADE-U. Foi também dentro desse programa promovido pelo Professor Antonio Marques que se realizou  o primeiro  Mestrado em Ciências de Desporto em Maputo, e que abriu caminho para a nossa Pós Graduação, hoje consolidada.

O Professor Antonio Marques tem uma carreira académica extensa tendo supervisionado dezenas de Teses de Doutoramento e Dissertações de Mestrado e publicado mais de 250 artigos em revistas científicas, capítulos de livros e atas de congressos, sendo editor/autor de 27 livros. O seu longo curriculum académico passa também por ter sido editor e membro do Conselho Editorial de várias revistas cientificas como a Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Journal of Aging and Physical Activity (USA) e a  Brazilian Journal of Physical Education and Sports. Entre  1999/2002 foi Presidente do EGREPA (European Group for Research into Elderly and Physical Activity) e de (2006-2014) exerceu a função  de Vice-Reitor da Universidade do Porto.

O seu vasto curriculum académico, a sua postura como docente e gestor universitário e o enorme impacto que a sua ação teve no desenvolvimento da nossa Faculdade determinaram a atribuição, no anos de 1997,  do titulo de Doutor Honoris  Causa pela Universidade Pedagógica.

 

Maria de Lurdes MutolaMARIA DE LURDES MUTOLA

A Universidade Pedagógica (UP), vocacionada na formação de professores, atribuiu, no dia 28 de Setembro de 2009, o título de Doutora Honoris Causa à Maria da Lurdes Mutola, em reconhecimento dos seus feitos durante a sua careira desportiva terminada em 2008.

Lurdes Mutola, estrela do atletismo mundial, em particular nos 800 metros, entra para a vida desportiva como jogadora de futebol na equipa no Águia de Ouro, clube de segunda divisão, no populoso bairro de Chamanculo, chegou ao apogeu da carreira nos Jogos de Sidney 2000, quando se sagrou campeã olímpica. Além do ouro olímpico, ela venceu também vários meetings internacionais e foi campeã mundial em Estugarda, Alemanha, em 1993.

Ganhou a medalha de ouro nos Jogos da Commonwealth realizados em Kuala Lumpur, Malásia em 1998, entre outras medalhas (bronze e prata). Mutola encerrou a sua carreira de 20 anos em Agosto do ano 2008 após participar nos Jogos Olímpicos de Beijing, em que ficou no quinto lugar. Em 1993, a UP atribuiu o título de Mestre em Desportos a esta atleta moçambicana que em Novembro do ano 2008 foi homenageada pelo Governo, representado ao mais alto nível pelo então Chefe do Estado, Armando Emílio Guebuza.

 
mario coluna 1

 MÁRIO ESTEVES COLUNA

 A UNIVERSIDADE Pedagógica (UP) atribuiu no dia 11 de Julho de 2016, a título póstumo, o grau de “Doutor Honoris Causa” a Mário Esteves Coluna, ex-seleccionador nacional de Moçambique e ex-capitão do Benfica de Portugal.

A atribuição do título honorífico é em reconhecimento dos seus feitos durante a sua carreira desportiva, marcada pela condução, em 1976, do Textáfrica de Chimoio ao estatuto de primeiro campeão nacional de futebol de Moçambique, por exemplo, pelo seu contributo no desenvolvimento do futebol. O “Monstro Sagrado”, como ficou conhecido no futebol português, regressou a Moçambique após a independência tendo sido indicado como deputado. 

 
© 2018 CIUP - Centro de Informática da Universidade Pedagogica.